POLÍTICA

Os deputados André Janones e Nikolas Ferreira quase saem no tapa na Câmara dos Deputados

Na tarde desta quarta-feira (05), a Câmara dos Deputados teve o seu momento “5ª série do colegial”, quando os deputados federais André Janones (Avante-MG) e Nikolas Ferreira (PL-MG), discutiram na sessão do Conselho de Ética da Casa. Os dois quase sairam no tapa e tiveram que ser apartados pelos agentes da Polícia Legislativa Federal.

O motivo da briga foi o julgamento da representação do PL contra Janones pela prática de “rachadinha”, quando parte do salário dos assessores do gabinete são repassadas ao parlamentar. O processo foi arquivado por 12 votos a cinco. Então, parlamentares apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro e da base do atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva trocaram insultos e provocações. Janones chegou a chamar os bolsonaristas de “boiola”, inclusive Nikolas, convocando-o para “conversar lá fora”.

A discussão se prolongou nos corredores da Casa. “Dou um na sua cara com um soco, seu otário”, disse Janones. “Pode vir, bate”, respondeu Nikolas. “Você é um frouxo, você é um mentiroso. Seu m***. Vamos lá fora então, quero ver”, disse Nikolas. “Vamos só nós dois. Tira a gangue, tira a gangue, tira a gangue. Vagabundo, boiola, tomar no seu c, Bandido. É só nós dois. Vem cá”, respondeu Janones.

“Pode vir, bate, bate, ‘rachadinha’”, prosseguiu Nikolas. “Moleque golpista Pau no seu c., seu moleque. Dou na sua cara com um soco, seu otário”, ameaçou Janones.

“É muito fácil. Está correndo. Vem cá, seu f****”, prosseguiu Janones. “Você é um frouxo mentiroso. É isso o que você é. Seu lixo”, rebateu Nikolas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo