ESTADO

Estado afirma que pretende assumir operação dos trens no RJ

Depois da Supervia alegar que só tem caixa para manter a prestação de serviço até o mês julho deste ano, o Governo do Estado afirma ter um plano de contingência e que quer assumir o serviço dos trens ainda em junho.

A Justiça determinou que a concessionária e o Estado, que enfrentam um processo de recuperação judicial desde 2021, se reúnam no próximo dia 27 para debater a situação, com presença do Ministério Público.

Além disso, foi determinado que uma auditoria independente avalie a situação financeira da empresa e também apresente um plano alternativo para que o serviço não seja afetado.

O Governo do Rio afirma que não vai mais liberar dinheiro para a SuperVia diante desse cenário, uma vez que, segundo o secretário estadual de Transporte e Mobilidade Urbana, Washington Reis, a empresa não cumpriu com as obrigações, entre elas o pagamento e investimento na estrutura.

O chefe da pasta afirmou ainda que o estado tem condições de assumir a operação dos trens.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo