NOTÍCIAS

Anvisa volta a proibir comercialização de álcool líquido 70%, após 4 anos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) voltou a proibir a comercialização do álcool 70%, após permitir de forma emergencial a venda do produto ainda no início da pandemia da covid-19. A medida prevê que o produto deve ser esgotado das prateleiras de supermercados, hipermercados e farmácias comerciais até dia 30 de abril.

Em 2020, o órgão regulador liberou a comercialização para o público geral frente à crise de saúde pública, porém, o prazo do regimento se encerrou em 31 de dezembro do ano passado.

Ainda em 2002, a venda do produto etílico com teor 70% foi substituída pela forma em gel a fim de abaixar o grande índice de acidentes domésticos ocasionados pelo uso de álcool líquido.

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) tentou firmar um acordo de flexibilização do prazo de venda do produto na versão líquida, mas não obteve sucesso nas negociações.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo