NITERÓI

Saúde de Niterói alerta para a importância do teste do pezinho 

O dia 6 de junho precisa estar na memória de quem tem bebês recém-nascidos ou para famílias que aguardam o nascimento de um filho. A data é marcada pelo início da realização, em 1992, do Teste do Pezinho, que é o nome popular dado ao teste de triagem neonatal: uma coleta de sangue retirado do calcanhar dos bebês recém-nascidos, para que possa ser feita a identificação de doenças. Através deste exame, podem ser antecipadas patologias metabólicas, genéticas e infecciosas que, quando tratadas precocemente, possibilitam o desenvolvimento físico e mental adequado das crianças.

A data, instituída pela Lei nº 11.605/2.007, tem como objetivo informar à população os objetivos do Programa Nacional de Triagem Neonatal, incorporado ao Sistema Único de Saúde (SUS) em 1992, que são reforçar a importância da realização do teste e destacar a obrigatoriedade para todos os recém-nascidos.

“O teste do pezinho é um método essencial para a saúde já nos primeiros dias de vida. É um exame simples e de fácil execução, crucial para a detecção precoce de algumas doenças para que sejam tratadas, evitando sequelas”, afirma a secretária municipal de saúde, Anamaria Schneider.

Roberta Labriola, técnica do Programa de Atenção Integral à Saúde da Criança e do Adolescente (PAISCA) da Secretaria Municipal de Saúde de Niterói explica a importância desse procedimento. “Sendo feito do terceiro ao quinto dia de nascimento, o teste pode identificar atualmente 54 doenças genéticas ou não, algumas delas raras e graves”.

Na rede municipal, as coletas são feitas nos recém-nascidos da Maternidade Municipal Alzira Reis, além das policlínicas e unidades básicas de saúde.

O atendente Fabiano da Serra levou o pequeno João Guilherme para fazer o teste nesta quinta-feira (06) na Policlínica Regional do Fonseca Dr. Guilherme Taylor March. Após passar pela orientação que é dada aos pais sobre cuidados com os recém-nascidos, ele elogiou a iniciativa.

“Acho excelente, porque muita gente não sabe direito o que fazer nesses primeiros dias de vida. Esse acolhimento é muito bom para o público jovem que não tem experiência. É uma boa experiência para a vida”, disse Fabiano da Serra.

Antes de fazer o teste, as crianças também são levadas para tomar a vacina BCG, que é muito importante nos primeiros dias de vida.

Entre as doenças que podem ser detectadas no teste do pezinho se destacam o Hipotireoidismo Congênito (HC), Fenilcetonúria (PKU), Doença Falciforme (DF), Aminoacidopatias (AA), Fibrose Cística (FC), Hiperplasia Adrenal Congênita (HAC) e a Deficiência de Biotinidase (BIO).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo