ESPORTESNOTÍCIAS

Vasco joga mal e é goleado pelo Criciúma e o técnico é demitido

O Vasco voltou a ser goleado por um time catarinense em São Januário. Dessa vez foi atropelado pelo Criciúma por 4 a 0, neste sábado (27), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, e amargou a terceira derrota consecutiva na competição. Fellipe Mateus, duas vezes, Bolasie e Higor Meritão marcaram os gols do jogo. Vegetti ainda perdeu pênalti.

Com mais uma derrota, o Vasco segue estacionado com três pontos, ocupa o 16º lugar e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. Já o Criciúma, por sua vez, venceu a primeira e saltou para o sétimo lugar. O Cruz-Maltino volta a campo na próxima quarta-feira (1), às 19h (de Brasília), contra o Fortaleza, no Castelão, pela Copa do Brasil. 

Após sofrer duas derrotas seguidas, o Vasco recebeu o Criciúma em busca de recuperação no Brasileirão. Mas uma possível reação no campeonato não parecia possível em nenhum momento. O Cruz-Maltino encontrou dificuldades para atacar e mostrou a dependência da bola aérea desde o início, e assim assustou uma vez com Vegetti.

Por outro lado, o Criciúma demonstrava mais organização e explorava com inteligência os espaços deixado pelo Vasco. Bolasie pressionou a defesa vascaína na saída de bola e a sobra ficou com Fellipe Mateus, que acertou lindo chute da entrada da área para abrir o placar. O Cruz-Maltino teve a chance de empatar dez minutos depois, mas Gustavo defendeu o pênalti de Vegetti.

O Criciúma terminou o primeiro tempo com o controle da posse de bola e dominando principalmente o meio-campo. O panorama não mudou na etapa final. O Vasco, que voltou com duas mudanças, levou um banho de água fria logo aos três minutos. Bolasie recebeu lançamento pela direita e cruzou na medida para Fellipe Mateus, livre na segunda trave, para ampliar.

A tensão tomou conta das arquibancadas de São Januário, mas o pior ainda estava por vir. Poucos minutos após provocar a defesa cruz-maltina, Bolasie foi lançado em profundidade, deu drible desconcertante em Hugo Moura e finalizou sem chances para Léo Jardim. E a humilhação não parou por aí. Higor Meritão, aos 23, fez o quarto.

O torcedor não escondeu a frustração com a goleada sofrida dentro de casa. Já após o segundo gol, os protestos começaram nas arquibancadas com vaias aos jogadores. Após o terceiro gol, as críticas se intensificaram, e a 777 Partners foi alvo de xingamentos. Por fim, teve tempo de gritos de olé e aplausos ao Criciúma após o quarto gol.

Ramón Díaz demitido

Após a partida, o Vasco comunicou através das redes sociais a saída do técnico Ramón Díaz, mas sem contextualizar de quem foi a decisão pelo fim do vínculo. Nos bastidores, foi informado que o treinador pediu demissão. Porém, o argentino disse em pronunciamento que soube através das redes.

Sem Ramón Díaz, o Vasco será comandado por Rafael Paiva, treinador do sub-20, nos próximos jogos. O Cruz-Maltino volta a campo na próxima quarta-feira (27), às 19h (de Brasília), contra o Fortaleza, no Castelão, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Vasco 0 x 4 Criciúma

Data: 27/04/2024
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Vasco: Léo Jardim; Paulo Henrique, Medel (Maicon), Léo e Lucas Piton; Hugo Moura (Mateus Carvalho), Sforza (Adson) e Payet (Galdames); Rayan (Clayton), David e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz
Criciúma: Gustavo; Claudinho (Candelo), Rodrigo, Wilker Ángel e Marcelo Hermes; Higor Meritão (Newton), Barreto, Fellipe Mateus e Marquinhos Gabriel; Bolasie (Eder) e Arthur Caíke (Felipe Vizeu). Técnico: Cláudio Tencati
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Francisco Chaves Bezerra Junior
VAR: Rodrigo Guarizo
Gols: Fellipe Mateus, aos 31′ do 1ºT e aos 3′ do 2ºT; Bolasie, aos 9′ do 2ºT; Higor Meritão, aos 23′ do 2ºT
Cartões amarelos: Lucas Piton (VAS)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo