NOTÍCIAS

Niterói decreta ponto facultativo nesta sexta-feira (22) em razão da previsão de chuva forte

A Prefeitura de Niterói decretou ponto facultativo nesta sexta-feira (22) em razão da possibilidade de chuva forte e rajadas de vento na cidade. O prefeito Axel Grael orientou a população a não sair de casa e a evitar deslocamentos desnecessários. A Prefeitura mobilizou uma força-tarefa para atuar preventivamente na cidade para mitigar os impactos das chuvas previstas para esta sexta-feira (22) e até o próximo domingo (24). De acordo com o Centro de Monitoramento da Secretaria de Defesa Civil e Geotecnia, há possibilidade de que que temporais e rajadas de vento atinjam a cidade. Além da Defesa Civil e dos mais de 3 mil voluntários dos Nudecs, mais de 2 mil funcionários da Defesa Civil, Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, Assistência Social, Clin, Administrações Regionais e Nittrans estão mobilizados. A cidade está em estágio de atenção desde a última terça-feira (19).

“Decretamos ponto facultativo nesta sexta-feira em função da possibilidade de chuva forte. As pessoas devem ficar em casa e evitar deslocamentos desnecessários. Há uma previsão da chegada de uma frente fria que vai trazer muito vento e chuvas fortes aqui para a nossa cidade. Nós já estamos nos preparando para isso já há alguns dias: nossas equipes estão atuando na manutenção da cidade, na limpeza dos bueiros, ralos e caixas de passagem. Estaremos com toda a nossa capacidade de atendimento de plantão. Por isso recomendamos que, a partir de amanhã, a população evite deslocamentos desnecessários, porque a chuva deve chegar na noite desta quinta. Pedimos que a população fique atenta aos canais da Defesa Civil, aos informes do centro de monitoramento e operações e às redes sociais e site da Prefeitura”, recomenda o prefeito de Niterói, Axel Grael.

O Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil conta com plantão 24h de monitoramento meteorológico com um radar de alta tecnologia que permite uma maior previsibilidade e acompanhamento das tempestades. A orientação da Prefeitura de Niterói é de que as pessoas sigam atentas aos alertas da Defesa Civil através das mídias sociais, SMS 40199, grupos de WhatsApp e pelo aplicativo ALERTA DCNIT. Em caso de emergência, devem acionar a Defesa Civil através dos telefones 199 ou 2620-0199.

A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), em parceria com a Empresa Municipal de Moradia, Conservação e Saneamento (Emusa), preparou um esquema de funcionamento emergencial para o fim de semana. Além dos agentes que já atuam diariamente na preservação da infraestrutura da cidade, haverá reforço em todas as equipes, em especial as de podas de árvores, e oito caminhões basculantes, quatro retroescavadeiras, quatro caminhões vacall estarão de prontidão.

De acordo com a Defesa Civil, a previsão é do avanço de uma frente fria da região Sul em direção à região Sudeste na noite desta quinta-feira (21), com pancadas de chuva de intensidade moderada à forte, acompanhadas de rajadas de vento e descargas elétricas devido ao sistema pré-frontal (antes da chegada de uma frente fria).

Ao longo da sexta-feira (22), essa frente fria vai se deslocar sobre Niterói, sobre o estado do Rio de Janeiro e deixa uma condição para chuva moderada a forte ao longo do dia. Essa situação permanece ao longo do sábado (23).

“Estamos fazendo uma atuação preventiva muito importante relacionada à limpeza de canais, caixas de passagens e bueiros. A coleta de lixo doméstico será antecipada porque é importante para minimizar os problemas relacionados às fortes chuvas. A partir da noite de hoje, por favor, não descartem o lixo na calçada. Os sacos podem obstruir as galerias e rede de drenagem”, ressalta o secretário municipal de Defesa Civil e Geotecnia, Walace Medeiros.

Ele destaca que a Defesa Civil tem um protocolo para situações de chuva extrema, que envolve a atuação de todo o sistema da prefeitura e também com a participação do cidadão, através dos Núcleos de Defesa Civil (Nudecs).

“Estamos esperando acumulados elevados de chuva para o município. É importante destacar que será uma chuva continuada, o que pode sobrecarregar as redes de drenagem. Nós estaremos também, no início da madrugada desta sexta, com maré alta, isso também dificulta o escoamento da água. Por isso reforçamos o pedido para que as pessoas fiquem atentas aos canais da Defesa Civil”, informa a meteorologista e diretora do Centro de Monitoramento de Operações da Defesa Civil, Nathalia Moura.

Coleta de lixo – A Companhia de Limpeza de Niterói (CLIN) solicita aos moradores e aos estabelecimentos que antecipem em uma hora o depósito do lixo na rua. O objetivo é tentar evitar que os resíduos sejam levados pela chuva, obstruindo os bueiros. Nos últimos três meses, a Companhia limpou cerca de 4.500 bueiros e recolheu 12 toneladas de resíduos.

Investimentos – Desde 2013, a Prefeitura de Niterói já realizou 133 obras de contenção de encostas em toda a cidade, além de implantação de rede de drenagem e pavimentação, com investimentos que superam R$ 1 bilhão. As ações acontecem de acordo com um trabalho criterioso de análise que segue o Plano de Gerenciamento e Prevenção de Riscos. Essas obras são essenciais para prevenir ocorrências graves em casos de chuva extrema.

O município também investiu na criação de 153 Núcleos de Defesa Civil (Nudecs), com cerca de três mil voluntários capacitados em primeiros socorros, prevenção e combate a incêndio, percepção de riscos geológicos e sistema de alerta e alarme. A Prefeitura de Niterói também passou a arcar com os custos de manutenção e operação do sistema de alertas e alarmes por sirenes, em 2016, quando o Governo do Estado anunciou que não poderia custear o serviço. Em nenhum momento, o serviço deixou de funcionar na cidade e, atualmente, Niterói conta com 30 sirenes de alerta para desastres naturais em 26 pontos, além de 30 pluviômetros próprios do município, além dos 16 fornecidos pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), totalizando uma rede de 46 pluviômetros. O município também adquiriu um radar de alta tecnologia que permite uma maior previsibilidade e acompanhamento das tempestades.

Prevenção – A Defesa Civil orienta que, em caso de estágio de Atenção, Alerta ou Alerta Máximo, a população evite transitar em áreas alagadas e próximas a córregos, canais e rios sujeitos a transbordamentos. Além disso:

 – Os moradores de áreas de risco devem ficar atentos para indícios de ameaças de deslizamentos e preparados para se deslocarem para locais seguros.

– As pessoas que estiverem em locais seguros devem permanecer nestes locais até o aviso de chuva intensa cessar.

– Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores, redes de distribuição de energia elétrica, toldos, tapumes ou em áreas descampadas.

– Caso a sirene de sua localidade seja acionada, siga imediatamente para os pontos de apoio, residências de familiares ou amigos localizados em locais seguros

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo