NOTÍCIAS

Niterói terá evento em celebração à vida de Labouré Lima

No dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, às 19h, acontecerá um evento para marcar a celebração da vida de Maria Labouré Almeida Lima Ribeiro, fundadora da Muiraquitã, uma das editoras mais antigas de Niterói. O evento será na “Jones Choperia” localizada na Rua Barão do Amazonas, 90, Ponta D’areia, Niterói.

A editora de livros, que faleceu no dia 18 de fevereiro, em Icaraí de Amontada, linda vila de pescadores no litoral do Ceará, e teve sua vida pautada na cidade de Niterói. Por isso suas filhas Ana Paula e Raquel resolveram convidar a todos para este momento de partilha e celebração, na cidade. Na ocasião, amigos, escritores e familiares farão um sarau literário e especialmente voltado para a vida e ao legado de Labouré Lima. Haverá, também, uma roda de chorinho – já que a editora era grande apreciadora do gênero musical e sentia-se muito honrada pela publicação de um dos títulos mais importantes do acervo, “O lendário Pixinguinha”, de Sebastião Braga.

PIONEIRISMO DA EDITORA MUIRAQUITÃ

Com centenas de títulos publicados desde que abriu as portas em 22 de setembro de 1991, a editora era motivo de orgulho e realização para a ex-modelo e atriz, que encontrou nos livros sua verdadeira vocação. Católica fervorosa, Labouré acreditava que quanto mais pessoas pudesse ajudar a realizar seu sonho em ver sua obra publicada, mais feliz seriam. Assim ela caminhou por volta de 30 anos à frente da Muiraquitã. Pela editora passaram mais de 400 autores e suas obras. Todas assinadas pelo maior sentimento que Labouré carregava, o amor pela literatura.

Com sua participação no desenvolvimento de projetos culturais, literários e artísticos, teve seu trabalho reconhecido através de homenagens públicas ainda em vida. Atualmente ocupava a cadeira, antes pertencente ao grande amigo de uma vida toda, Salvador Mata e Silva, na Academia Niteroiense de Letras – convite aceito através de sua amiga e madrinha literária, Marcia Pessanha, com quem sempre compartilhou muitos momentos e por quem guardava muito carinho.

Todos os acadêmicos, seus autores, amigos, familiares e amigos virtuais espalhados pelo Brasil e pelo mundo, eram de suma importância para Labouré Lima, por quem ela sempre encontrava tempo para dedicar palavras bonitas de carinho, afeto e esperança.

A família pede a todos que queiram participar, com textos próprios ou lendo algum texto de Labouré, que confirmem sua presença, através da Gaia Comunicação, com Roberta Souza, (21 99391-8644) – considerada uma filha do coração e, provavelmente, sua sucessora no meio editorial e cultural fluminense. Trabalhou cerca de quinze anos com Labouré Lima.

Apesar da tristeza da ausência, esse evento será repleto de felicidade por reunir pessoas e momentos importantes, e todos os convidados terão a oportunidade de celebrar fatos e feitos dessa grande mulher, que tocou a vida e o coração de tantas pessoas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo