NOTÍCIAS

Linha Vermelha terá faixa dedicada para a Ilha do Governador e o Aeroporto Internacional Tom Jobim

A CET-Rio informa que a partir de segunda-feira (04/03) terá início a operação da faixa dedicada na Linha Vermelha, para acesso à Ilha do Governador e ao Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão). Com  2.200 metros de extensão, funcionará na pista sentido Baixada Fluminense, no trecho entre a Ponte Oswaldo Cruz (Linha Amarela) e o acesso à Ilha do Governador.

De acordo com os dados da CET-Rio, ao longo de 2023 foi constatado que a distribuição do fluxo viário da Linha Vermelha é de cerca de 90 mil veículos por dia. No trecho, um terço do tráfego (30 mil veículos/dia) segue em direção à Ilha do Governador, e o restante (60.000 veículos/dia) vai para a Baixada Fluminense . Com o aumento do número de voos no Aeroporto do Galeão, o volume diário de tráfego no acesso à Ilha do Governador aumentou 17% (variação entre setembro/2023 e janeiro/2024). Até o fim de 2024, é esperado que esse volume cresça, atingindo cerca de 30%.

O principal conceito da faixa dedicada é a melhor distribuição dos fluxos. Das quatro faixas existentes no trecho, apenas a que fica mais à esquerda será dedicada ao acesso à Ilha do Governador e ao Aeroporto, sem redução na capacidade de escoamento da via no sentido Baixada Fluminense, tendo em vista que a Linha Vermelha, após o acesso à Ilha, possui as mesmas 3 faixas de rolamento naquela direção.

A faixa dedicada irá evitar o estrangulamento na bifurcação Ilha/Baixada, impedindo que os veículos provenientes da faixa da esquerda bloqueiem o acesso à Ilha e também interfiram no fluxo dos veículos que seguem em direção à Baixada.

Quem pode usar a faixa dedicada

A faixa dedicada somente poderá ser utilizada por veículos que estejam na Linha Vermelha com destino à Ilha do Governador e ao Galeão. Os veículos que seguem para outros destinos deverão utilizar as outras 3 faixas disponíveis. Para garantir o respeito à regra, haverá fiscalização eletrônica no trecho. O sistema funcionará por meio de leitura dupla das placas, ou seja, os veículos que utilizarem a faixa dedicada deverão obrigatoriamente seguir para Ilha do Governador, pois caso sigam em outras direções, o sistema de fiscalização detectará a infração.

A transposição da faixa contínua pelo condutor irá gerar uma infração média com base no Art. 185 – Inc. I, com multa no valor de R$ 130,16 e quatro pontos na carteira. Toda a sinalização específica será implantada, tanto vertical (placas de regulamentação), quanto horizontal (pinturas no pavimento), deixando claro para os motoristas as regras de utilização e o trecho onde estará em funcionamento a faixa dedicada.

A primeira semana de operação será educativa. Agentes da CET-Rio e da Guarda Municipal vão orientar os motoristas que trafegam nesse trecho da via. A partir do dia 11 de março, a fiscalização eletrônica estará ativada para identificar infrações.

A implantação da faixa dedicada é mais uma medida da Prefeitura para melhoria no tráfego da Linha Vermelha, da Estrada do Galeão e da Avenida Vinte de Janeiro. Entre as atualizações no trânsito da região estão nova pavimentação, nova sinalização horizontal com melhoria das pinturas no pavimento, nova sinalização vertical com placas maiores e com informações mais claras e reforço nas ações operacionais, incluindo maior quantidade de recursos para essas vias.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo