NITERÓINOTÍCIAS

Frota de carros elétricos da Prefeitura de Niterói começa a rodar na cidade

A frota de veículos elétricos da Prefeitura de Niterói começou a rodar nas ruas nesta terça-feira (02). São 46 veículos que atenderão as secretarias do Município. Foram instaladas 24 estações de carregamento na sede da Prefeitura, no Caminho Niemeyer, no Centro, e na Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), na Ponta da Areia. Em complemento à aquisição dos carros, a Seconser vai instalar um teto solar e uma mini usina fotovoltaica.

A aquisição dos carros elétricos faz parte de um processo de descarbonização da frota da Prefeitura. Além da economia financeira, a iniciativa vai diminuir a pegada ecológica do Município, que vai deixar de emitir cerca de 38 toneladas de CO2 ao ano. O prefeito Axel Grael, que acompanhou o primeiro dia de uso desses automóveis, comentou sobre o significado dessa mudança para a cidade.

“Esse passo em direção da descarbonização da frota é muito importante para Niterói, uma cidade amiga do clima que lida com questões ambientais com responsabilidade. Cada carro elétrico vai substituir algum veículo convencional que já é usado pelas secretarias. Dessa forma, atividades corriqueiras, que demandam muito o uso de automóveis, vão se tornar significativamente mais sustentáveis. Além disso, outra vantagem de priorizar o uso desses carros é a grande economia de um milhão de reais que isso vai gerar ao ano para o Município”, comemora o prefeito.

Entre as vantagens do carro elétrico, a economia com combustível se destaca. Considerando uma média de R$ 0,15 por kWh e uma eficiência de 4,5 km/kWh (comum em carros elétricos compactos), o custo por quilômetro é de aproximadamente R$ 0,033. Enquanto isso, carro a gasolina que faz 12 km/l (quilômetros por litro) consumiria cerca de R$ 0,17 por quilômetro (considerando que o preço médio da gasolina gira em torno de R$ 4 por litro).

De acordo com Ricardo Lanzellotti, secretário de Conservação do Município, os carros elétricos oferecem vantagens significativas em termos de economia e sustentabilidade.

“O custo médio para carregar um carro elétrico é significativamente mais barato comparado aos custos de combustível para veículos convencionais. A manutenção dos veículos elétricos também é menos frequente e menos dispendiosa. Além disso, os carros elétricos emitem cerca de 50% menos CO2 durante toda a sua vida útil em comparação com um carro a gasolina. Com os novos veículos, a previsão é que a Prefeitura deixe de emitir cerca de 38 toneladas de CO2 ao ano”, explica o secretário.

Outro ponto importante da frota de veículos elétricos é o importante passo que ela simboliza para a sustentabilidade dentro da mobilidade urbana de Niterói. Os carros a gasolina emitem cerca de 2,3 kg de CO2 por cada 100 km percorridos. Em contrapartida, os elétricos não emitem gases nocivos, reduzindo a emissão de substâncias que promovem o efeito estufa.

O secretário destaca que o telhado solar que será instalado na Seconser complementa o potencial da frota. A partir da energia gerada pelas placas, os carros serão recarregados através de energia limpa e renovável.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo