NITERÓINOTÍCIAS

Prefeitura de Niterói entrega a reforma do Hospital Municipal Carlos Tortelly

O Hospital Municipal Carlos Tortelly acaba de ficar maior. A unidade, que é a maior de Niterói em número de leitos, teve o CTI reformado e ampliado com mais 10 leitos e recebeu novos recursos para a agência transfusional.

Referência no tratamento de crianças e adultos com vírus HIV positivo, a unidade realiza 4.300 atendimentos e 3.722 exames mensalmente. Além disso, o hospital mantém uma média de 233 internações por mês. O prefeito Axel Grael, que visitou as áreas reformadas nesta segunda-feira (01), comentou sobre como a ampliação se reflete como um ganho para toda a rede de saúde.

“Hoje viemos nessa casa histórica da saúde de Niterói para fazer a entrega da reforma da agência transfusional e de mais 10 leitos para o CTI do Hospital Carlos Tortelly. Com certeza, essa reforma e o aumento dos leitos vai trazer uma capacidade operacional muito maior. A demanda na rede municipal não para de crescer e precisamos estar preparados. Com essa nova adesão, vamos conseguir redistribuir pacientes e manter a qualidade do atendimento”, explica o prefeito.

O Centro de Diagnóstico Integrado do Hospital Carlos Tortelly realiza exames como: tomografia, ultrassonografia, ecodoppler, endoscopia, colonoscopia, retossigmoidoscopia, raio x, além de exames laboratoriais. Ao todo, a estrutura conta com 120 leitos, 5 consultórios na emergência e 6 consultórios no ambulatório.

A secretária municipal de Saúde, Anamaria Schneider, explicou como a adaptação do hospital se faz necessária diante da evolução da cidade.

“O Hospital Carlos Tortelly, hoje, é a nossa grande emergência, que fica de portas abertas para a população por 24h. Essa unidade, que é antiga em Niterói, vem se transformando conforme o tempo evolui para se adequar à realidade da cidade. A demanda da unidade tem crescido. Além disso, a população de Niterói tem a maior proporção de idosos em todo o Estado. O aumento da capacidade chega em boa hora para darmos conta da maior necessidade de internações, leitos e cuidados que os moradores precisam”, comenta a secretária.

Outro destaque da reforma foi o investimento da agência transfusional. Foram implementadas medidas de manutenção corretiva para garantir a adequada ativação do setor bem como o pleno funcionamento das instalações e equipamentos necessários que serão instalados no local.

Além do aumento dos leitos, a recepção foi reestruturada e revitalizada. O objetivo foi proporcionar um ambiente mais acolhedor e funcional para os pacientes e funcionários, com pintura, troca das portas e instalação de sistemas de climatização.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo