NITERÓINOTÍCIAS

Prefeitura de Niterói entrega nova unidade do Médico de Família da Ilha da Conceição

A Prefeitura de Niterói inaugurou, na manhã desta quarta-feira (26), as obras de reforma do Módulo do Programa Médico de Família da Ilha da Conceição –  Célia Sánchez. O prefeito Axel Grael participou da solenidade ao lado do vice-prefeito, Paulo Bagueira, e da secretária municipal de Saúde, Anamaria Schneider, entre outras autoridades. A unidade, gerida pela Fundação Estatal de Saúde de Niterói (FeSaúde), atende a 5.964 pessoas e 2.134 famílias, distribuídas em três equipes de saúde.

O prefeito comentou sobre o alcance do atendimento que o Programa Médico de Família tem na região.

“Essa é a nona reforma que entregamos em um posto do Programa Médico de Família e vamos continuar trabalhando para modernizar os pontos de atendimento. Hoje, praticamente todas as áreas da cidade têm acesso a algum posto do PMF e, com alguns ajustes, vamos expandir essa cobertura. A unidade Célia Sanchez, que engloba toda a Ilha da Conceição, é também um símbolo do investimento que a Prefeitura realiza nesta região. O bairro, que foi o primeiro a completar a transição para a iluminação LED, vai acompanhar em primeira mão as transformações com a dragagem do canal de São Lourenço e o Terminal Pesqueiro vai trazer para a cidade. Essa unidade do PMF também foi preparada para receber os profissionais dessa ‘cultura naval’, como quem trabalha nos estaleiros”, comemora o prefeito.

A unidade é composta por 3 médicos, 3 enfermeiros, 3 técnicos de enfermagem, 9 agentes comunitários de saúde, 1 cirurgião dentista, 1 auxiliar em saúde bucal e 1 assistente administrativo. O local possui 05 Consultórios, 01 sala de Saúde Bucal.

O vice-prefeito, Paulo Bagueira, comentou sobre o avanço histórico do PMF em Niterói.

“Eu acompanho a evolução do Programa Médico de Família desde 1993. No começo, existia muita incerteza sobre a adaptação desse projeto para a cidade. Hoje, vemos que, além desse projeto ter dado certo, ele virou referência para o Governo Federal. É muito gratificante acompanhar todo o desenvolvimento do programa e a unidade da Ilha da Conceição é símbolo dessa caminhada”, relembra o vice-prefeito.

Todos os espaços foram reorganizados, com ampliação da recepção, melhorando o fluxo de funcionários e usuários. O sistema elétrico foi inteiramente refeito, garantindo eficiência e segurança, com novos quadros de energia, circuitos elétricos independentes, sistemas de proteção e aterramento.

Também houve a implantação de um novo sistema de cabeamento da rede lógica permitindo a informatização de todos os ambientes assegurando a integração com toda a rede assistencial do município, no contexto da implantação do prontuário eletrônico.

A climatização foi reformada, com a instalação de novos equipamentos de ar-condicionado. A cobertura foi completamente reformada com a substituição do telhado por telhas termoacústicas e a restauração de toda a estrutura.

A secretária municipal de Saúde, Anamaria Schneider, falou da importância da reforma que faz parte da reestruturação de toda a rede de saúde.

“A obra de reforma desta unidade faz parte de um conjunto de intervenções que a secretaria está realizando para qualificar os serviços e melhorar ainda mais o atendimento à população de Niterói e a estrutura de trabalho dos profissionais e trabalhadores da saúde. Além da reforma na estrutura, houve a troca de todo mobiliário, implantação do prontuário eletrônico e garantia de acessibilidade a todos”, concluiu a secretária.

Em atendimento aos parâmetros de acessibilidade houve a reforma e adequação dos sanitários, assim como todas as portas e passagens tem as dimensões mínimas necessárias para o deslocamento de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. A unidade agora conta também com extintores de incêndio devidamente sinalizados e iluminação de emergência.

Da mesma forma, foram adquiridos novos mobiliários e equipamentos para o atendimento às necessidades e normatizações, conforme os serviços oferecidos pela unidade.

Interna e externamente há placas de orientação e identificação das salas e dos serviços, fazendo parte da programação visual adotada para todos os módulos do programa médico de família. Além disso, a estética da fachada também segue o mesmo padrão de cores e revestimentos das outras unidades, facilitando a identificação desse tipo de unidade de Saúde pela população.

A população sente a diferença com as melhorias que foram feitas no posto. Maria das Dores da Silva, de 68 anos, comentou sobre a sua história com o PMF da Ilha da Conceição.

“Eu cheguei aqui na Ilha da Conceição há 59 anos, quando ainda estavam construindo a Ponte Rio-Niterói. Acompanhei quando mudaram a unidade do Médico de Família pra esse ponto e depois a reforma que fizeram no posto. Pra mim, que sou diabética e tenho pressão alta, faz toda a diferença. Sou bem atendida pelas médicas, recebo tratamento, aparelho pra medir a glicose e tudo mais que a Fundação tem dado pra nós. O posto faz toda a diferença pra gente”, conta a moradora.

Durante o período de obras, a equipe de saúde foi temporariamente alocada no Centro Social Urbano (CSU), que fica ao lado da unidade de saúde e é administrado pela Administração Regional da Ilha da Conceição. O CSU foi adequadamente adaptado para garantir que os serviços de saúde continuassem a ser prestados à população, com atendimento individual, procedimentos e imunização, além de atividades coletivas em territórios e unidades escolares.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo