ARQUIBANCADA

Fluminense perde para o Cruzeiro no Mineirão

O Cruzeiro venceu o Fluminense por 2 a 0, nesta quarta-feira (19), no Mineirão, e fez piorar o cenário preocupante do time carioca no Brasileirão, sete meses após o título inédito da Libertadores.

O primeiro gol da partida — de poucas emoções — veio em pênalti polêmico no primeiro tempo, quando a bola tocou no braço de Thiago Santos, a curta distância, e o árbitro Matheus Delgado Candançan foi chamado para rever o lance no VAR.

Pênalti marcado e convertido pelo lateral William, da Raposa — Fábio, ídolo dos dois clubes que foi homenageado antes da partida, quase defendeu, mas a bola cruzou a linha.

O próprio lateral-direito marcou o segundo gol, já nos acréscimos do segundo tempo, em belíssima arrancada com direito a drible entre as pernas de Martinelli e finalização precisa.

Com a vitória na décima rodada, o Cruzeiro chega ao G6 do Brasileirão, com 17 pontos. Na próxima rodada, a Raposa visita o Bahia na Arena Fonte Nova, domingo (23), às 16h (de Brasília).

Enquanto isso, o Fluminense aumenta sua crise e chega a três derrotas seguidas. Com seis pontos somados, o time comandado por Fernando Diniz venceu apenas uma partida em 10 rodadas e assumiu a lanterna do Brasileirão.

No próximo domingo, também às 16h, o Tricolor tem clássico contra o Flamengo no Maracanã.

Ficha técnica

Cruzeiro x Fluminense

Data e hora: 19/6/2024, às 21h30
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Matheus Delgado Candançan (SP)

Cartões amarelos: Matheus Pereira, Filipe Machado e Robert (CRU) / Diogo Barbosa, Thiago Santos e Fernando Diniz (FLU)
Cartões vermelhos: –
Gols: William (1-0) (41’/2ºT) / William (2-0) (48’/2ºT)

CRUZEIRO (Técnico: Fernando Seabra)
Anderson; William, Zé Ivaldo, João Marcelo e Marlon; Lucas Silva (Villalba), Filipe Machado (Vitinho) e Ramiro; Gabriel Veron (Arthur Gomes), Robert (Japa) e Matheus Pereira.

FLUMINENSE (Técnico: Fernando Diniz)
Fábio; Marquinhos (Calegari), Antonio Carlos, Thiago Santos (Gabriel Pires) e Diogo Barbosa; Martinelli, Lima e Renato Augusto (Terans); Douglas Costa (Keno), John Kennedy e Germán Cano (Kauã Elias).

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo