ESTADO

Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul

A Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro passou a contar, a partir desta quinta-feira (13/06), com mais dois módulos de programas preventivos de segurança pública, ambos na Zona Sul da capital. Durante a manhã, foi inaugurada a base do Bairro Presente do Jardim Botânico e o Horto. No início da tarde, o Programa Pequenos Gigantes ganhou mais um módulo no 23º BPM (Leblon).

“Os dois programas foram concebidos a partir do conceito de polícia de proximidade, um modelo de policiamento projetado para fortalecer a integração e aprofundar as relações de confiança mútua entre a população e a Polícia Militar do nosso estado”, disse o secretário da SEPM, coronel Marcelo de Menezes Nogueira.

Lançado em junho de 2021 para aproximar os policiais militares da comunidade local, o Bairro Presente conta agora com 60 módulos, operando em localidades sob a responsabilidade de 25 batalhões, na capital e no interior do estado. O novo módulo Jardim Botânico/Horto funcionará na base da Rua Pacheco Leão, inaugurada na manhã desta quinta-feira.

De acordo com levantamento da Coordenadoria de Assuntos Estratégicos (CAEs) da SEPM, nesses três anos, as áreas contempladas pelo Bairro Presente tiveram uma redução média de 22% nos roubos de rua e de 33% nos roubos de residências.

Inaugurado em 13 de junho de 1988, o 23º BPM (Leblon) comemorou nesta quinta-feira seus 36 anos de existência, recebendo de presente um módulo do Programa Pequenos Gigantes. O programa foi criado para aproximar a Corporação de adolescentes, por meio da prática do futebol, sob orientação de profissionais.
O módulo dos Pequenos Gigantes do Leblon, o décimo lançado no estado, vai funcionar numa quadra de esportes reformada nas dependências do batalhão, recebendo inicialmente alunos da Escola Municipal Georg Pfisterer, localizada na Praça Nossa Senhora Auxiliadora, onde estudam muitos alunos da Rocinha. Mas o novo módulo do programa está aberto a alunos de outras escolas públicas e privadas da região, desde que estejam na faixa etária entre 12 e 17 anos.

Implantado em novembro de 2022, o programa dispõe de módulos em nove batalhões da PM da capital, Niterói e Baixada Fluminense. Além de aproximar os participantes e familiares da Polícia Militar, o programa tem promovido a inclusão social por meio da prática esportiva, palestras e outras atividades. Mais de 700 adolescentes estão matriculados ou já passaram pelo programa.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo