ARQUIBANCADA

Botafogo vence o Fluminense e dorme na liderança do Brasileiro

Em uma noite memorável no Nilton Santos, o Botafogo se consolidou como rei do Rio de Janeiro! Com um gol de cabeça salvador do zagueiro Bastos, o Alvinegro venceu o Fluminense por 1 a 0, na noite desta terça-feira (11), pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória, a quinta consecutiva no Clássico Vovô, coloca o Botafogo na liderança da competição, com 16 pontos.

Desde os primeiros minutos, o Botafogo mostrou que veio para vencer. Com um ritmo forte e pressão constante, o Alvinegro dominou o Fluminense em praticamente todo o primeiro tempo.

O artilheiro Júnior Santos teve duas grandes chances de abrir o placar, mas parou em Fábio e viu a bola acertar a trave. A superioridade do Fogão era evidente, sufocando o Tricolor e impedindo qualquer tipo de criação de jogadas.

O segundo tempo começou com o Fluminense tentando sair do sufoco, mas o Botafogo continuava pressionando. Aos 13 minutos, Luiz Henrique criou uma linda jogada individual e obrigou Fábio a fazer grande defesa.

A insistência do Alvinegro foi recompensada aos 20 minutos. Após cobrança de escanteio, Bastos se antecipou à defesa tricolor e cabeceou com perfeição, sem chances para Fábio. O gol foi a consagração da superioridade botafoguense na partida.

Mesmo com a desvantagem, o Fluminense não conseguiu reagir de forma efetiva. Fernando Diniz colocou Douglas Costa, Alexsander e Kauã Elias em campo, buscando mais ofensividade, mas o Tricolor não conseguiu criar chances reais de empatar.

O Botafogo, por sua vez, teve a chance de ampliar o placar com Júnior Santos, mas o atacante finalizou para fora. No fim, o placar de 1 a 0 foi mantido, e o Fogão comemorou a quinta vitória consecutiva no Clássico Vovô e a liderança do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Botafogo 1 x 0 Fluminense – Brasileirão – 8ª rodada

Data e horário: terça-feira, 11 de junho de 2024, às 20h (hora de Brasília) | Local: Estádio Nilton Santos, em Rio de Janeiro (RJ) | Arbitragem: Flávio Rodrigues de Souza (árbitro); Alex Ang Ribeiro e Evandro de Melo Lima (auxiliares); Rodrigo D’Alonso Ferreira (VAR).

BOTAFOGO: John; Damián Suárez, Bastos, Barboza e Cuiabano; Gregore, Marlon Freitas e Tchê Tchê; Júnior Santos, Tiquinho Soares e Luiz Henrique. Técnico: Artur Jorge

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Manoel, Marlon e Marcelo; Martinelli, Lima e Ganso; Marquinhos, Cano e John Kennedy. Técnico Fernando Diniz

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo